Principais dificuldades do ensino remoto e uso de tecnologias no ensino-aprendizagem de estudantes de Educação Física durante a pandemia da COVID-19

Contenido principal del artículo

Juliana Daniele de Araújo Silva
Júlia Carolina Lopes Silva
Diógenes Cândido Mendes Maranhão
Tereza Luiza de França

Resumen

O objetivo desta pesquisa foi o de identificar e discutir as principais dificuldades do ensino remoto e uso de tecnologias, em face à pandemia da COVID-19, no ensino-aprendizagem do curso superior de Educação Física através de críticas apontadas por graduandos. Nesta pesquisa descritiva quali-quantitativa feita no segundo semestre de 2020, através de um questionário on-line, foram coletadas as percepções de 26 estudantes sobre os principais pontos negativos vivenciados e/ou identificados no primeiro semestre de implementação do ensino remoto. Posteriormente, foi feita uma análise de conteúdo do material. Foi possível concluir que os principais problemas do ensino remoto e uso de tecnologias durante a pandemia da COVID-19 no ensino-aprendizagem de Educação Física são as metodologias de avaliação insatisfatórias, problemas com o acesso à internet e recursos tecnológicos, dificuldades de aprendizagem, prejuízos na qualidade do ensino, e a ausência de aulas práticas e o aumento do comportamento sedentário.

Descargas

Los datos de descargas todavía no están disponibles.

Detalles del artículo

Cómo citar
Silva, J. D. de A., Silva, J. C. L., Maranhão, D. C. M., & de França, T. L. (2021). Principais dificuldades do ensino remoto e uso de tecnologias no ensino-aprendizagem de estudantes de Educação Física durante a pandemia da COVID-19. Educación Física Y Ciencia, 23(4), e194. https://doi.org/10.24215/23142561e194
Sección
Artículos
Biografía del autor/a

Juliana Daniele de Araújo Silva, Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)

Bacharel em Educação Física pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Brasil
Licenciada em Ciências Biológicas pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), Brasil
Mestranda em Educação Física pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Brasil

Júlia Carolina Lopes Silva, Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)

Bacharel em Nutrição pelo Centro Universitário brasileiro (UNIBRA), Brasil
Pós-graduanda em Nutrição, Metabolismo e Fisiologia no Esporte pelo Instituto Nacional de Ensino Superior (INADE), Brasil
Mestranda em Educação Física pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Brasil

Diógenes Cândido Mendes Maranhão, Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)

Bacharel em Educação Física pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Brasil
Mestranda em Educação Física pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Brasil

Tereza Luiza de França, Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)

Doutora em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Brasil
Professora Adjunta do Departamento de Educação Física da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Brasil
Coordenadora e Líder do Laboratório de Estudos e Pesquisas Núcleo Interdisciplinar de Estudos do Lazer da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Brasil

Citas

Alves, J. C. R., & Ferreira, M. B. (2020). Covid-19: reflexão da atuação do enfermeiro no combate ao desconhecido. Enfermagem em Foco, 11(1. ESP).

Andreza, R. S., de Souza Alvesb, E. J., Martinsb, L. H., Silvab, R. H., da Silvab, S. D. A., Nogueirab, T. L., Gomes, R. N., & da Silva Santosb, J. C. (2020). Os Impactos da Covid-19 na Educação por Meio do Ensino Remoto. Revista Interfaces, 8(3).

Aquino, E. M., Silveira, I. H., Pescarini, J. M., Aquino, R., Souza-Filho, J. A. D., Rocha, A. D. S., Ferreira A., Victor A., Teixeira C., Machado D. B., Paixão E., Alves F. J. O., Pilecco, F., Menezes G., Gabrielli L., Leite L., de Almeida M. C. C., Ortelan N., Fernandes Q. H. R. F. F., Ortiz R. J. F., Palmeira R. N., Junior E. P. P., Aragão E., de Souza L. E. P. F., Netto M. B., Teixeira M. G., Barreto M. L., Ichihara M. Y., & Lima, R. T. D. R. S. (2020). Medidas de distanciamento social no controle da pandemia de COVID-19: potenciais impactos e desafios no Brasil. Ciência & Saúde Coletiva, 25, 2423-2446.

Arruda, J. S., & de Castro Siqueira, L. M. R. (2021). Metodologias Ativas, Ensino Híbrido e os Artefatos Digitais: sala de aula em tempos de pandemia. Práticas Educativas, Memórias e Oralidades-Rev. Pemo, 3(1), e314292.

Cardoso, C. A., Ferreira, V. A., & Barbosa, F. C. G. (2020). (Des) igualdade de acesso à educação em tempos de pandemia: uma análise do acesso às tecnologias e das alternativas de ensino remoto. Revista Com Censo: Estudos Educacionais do Distrito Federal, 7(3), 38-46.

Có, E. P., Amorim, G. B., & Finardi, K. R. (2020). Ensino de línguas em tempos de pandemia: experiências com tecnologias em ambientes virtuais. Revista Docência e Cibercultura, 4(3), 112-140.

Creswell, J. W. (2010). Projeto de pesquisa: Métodos qualitativo, quantitativo e misto. Porto Alegre: Artmed.

da Silva, B. A., de Oliveira, G. S., & Brito, A. P. G. (2021). Análise de conteúdo: uma perspectiva metodológica qualitativa no âmbito da pesquisa em educação. Cadernos da FUCAMP, 20(44).

de França, T. L. (2003). Educação-corporeidade-lazer: Saber da Experiência Cultural em Prelúdio. Tese de Doutorado, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, RN, Brasil.

de França Filho, A. L., da França Antunes, C., & Couto, M. A. C. (2020). Alguns apontamentos para uma crítica da EAD na educação brasileira em tempos de pandemia. Revista Tamoios, 16(1).

Deng, C. H., Wang, J. Q., Zhu, L. M., Liu, H. W., Guo, Y., Peng, X. H., Shao J. B., & Xia, W. (2020). Association of web-based physical education with mental health of college students in Wuhan during the COVID-19 outbreak: cross-sectional survey study. Journal of medical Internet research, 22(10), e21301.

dos Santos Silva, F. C., & Peixoto, G. T. B. (2020). Percepção dos professores da rede estadual do Município de São João da Barra-RJ sobre o uso do Google Classroom no ensino remoto emergencial. Research, Society and Development, 9(10), e5729109023.

Dost, S., Hossain, A., Shehab, M., Abdelwahed, A., & Al-Nusair, L. (2020). Perceptions of medical students towards online teaching during the COVID-19 pandemic: a national cross-sectional survey of 2721 UK medical students. BMJ open, 10(11), e042378.

Fernando, A. (2017). As tecnologias nas aulas de Educação Física Escolar. Revista Educação Pública, 17 (1). Recuperado em https://educacaopublica.cecierj.edu.br/artigos/17/1/as-tecnologias-nas-aulas-de-educao-fsica-escolar.

Godoi, M., Kawashima, L. B., de Almeida Gomes, L., & Caneva, C. (2021). As práticas do ensino remoto emergencial de Educação Física em escolas públicas durante a pandemia da Covid-19: reinvenção e desigualdade. Revista Prática Docente, 6(1), e012.

Hodges C., Moore S., Lockee B., Trust T., & Bond, A. (2020, março 27). The Difference Between Emergency Remote Teaching and Online Learning. Recuperado em https://er.educause.edu/articles/2020/3/the-difference-between-emergency-remote-teaching-and-online-learning#fn3.

Karageorghis, C. I., Bird, J. M., Hutchinson, J. C., Hamer, M., Delevoye-Turrell, Y. N., Guérin, S. M., Mullin, E. M., Mellano, K. T., Parsons-Smith, R. L., Terry V. R. & Terry, P. C. (2021). Physical activity and mental well-being under COVID-19 lockdown: a cross-sectional multination study. BMC public health, 21(1), 1-13.

Nakashima, R. H. R. (2020). Algumas considerações didático-pedagógicas sobre o ensino remoto. Participativa: Ciência Aberta em Revista, 2(1), 1-6.

Neto, B. F., Costa, J., dos Santos, M. C., dos Santos, C. E. C., Neto, G. T., dos Santos Nogueira, M., & do Egito, R. R. (2021). A percepção dos discentes em relação aos processos de ensino e aprendizagem no período remoto em meio a pandemia. Brazilian Journal of Development, 7(5), 52013-52031.

Oliveira, S. S., Silva, O. S. F., & Silva, M. J. O. (2020). Educar na incerteza e na urgência: implicações do ensino remoto ao fazer docente e a reinvenção da sala de aula. Interfaces Científicas-Educação, 10(1), 25-40.

Pilcher, J. J., Morris, D. M., Bryant, S. A., Merritt, P. A., & Feigl, H. B. (2017). Decreasing sedentary behavior: Effects on academic performance, meta-cognition, and sleep. Frontiers in neuroscience, 11, 219.

Sampieri, R. H., Collado, C. F., Lucio, M. P. B. (2013). Metodologia de pesquisa. Porto Alegre: Penso.

Silva, D. R., Werneck, A. O., Malta, D. C., Souza-Júnior, P. R., Azevedo, L. O., Barros, M. B., & Szwarcwald, C. L. (2021a). Incidence of physical inactivity and excessive screen time during the first wave of the COVID-19 pandemic in Brazil: what are the most affected population groups?: Impact of COVID-19 pandemic on physical activity and screen time in Brazil. Annals of epidemiology, 62.

Silva, D. R. P. D., Werneck, A. O., Malta, D. C., Souza Júnior, P. R. B. D., Azevedo, L. O., Barros, M. B. D. A., & Szwarcwald, C. L. (2021b). Changes in the prevalence of physical inactivity and sedentary behavior during COVID-19 pandemic: a survey with 39,693 Brazilian adults. Cadernos de Saúde Pública, 37, e00221920.

Valente, G. S. C., de Moraes, É. B., Sanchez, M. C. O., de Souza, D. F., & Pacheco, M. C. M. D. (2020). O ensino remoto frente às exigências do contexto de pandemia: Reflexões sobre a prática docente. Research, Society and Development, 9(9), e843998153.

Vieira, T. D. G. F., & dos Santos, M. L. S. C. (2020). Estratégias pedagógicas e uso de metodologias ativas na graduação em Enfermagem em tempos de pandemia do Coronavírus-COVID-19. Research, Society and Development, 9(11), e2759119749.

Vieira, K. M., Postiglioni, G. F., Donaduzzi, G., dos Santos Porto, C., & Klein, L. L. (2020). Vida de estudante durante a pandemia: isolamento social, ensino remoto e satisfação com a vida. EaD em Foco, 10(3).

Werneck, A. O., Silva, D. R., Malta, D. C., Souza-Júnior, P. R., Azevedo, L. O., Barros, M. B., & Szwarcwald, C. L. (2021). Changes in the clustering of unhealthy movement behaviors during the COVID-19 quarantine and the association with mental health indicators among Brazilian adults. Translational behavioral medicine, 11(2), 323-331.